Química

Ebulioscopia


A ebulioscopia é uma propriedade coligativa que ocasiona a elevação da temperatura de um líquido quando a ele se adiciona um soluto não volátil e não iônico.

A temperatura em que se inicia a ebulição do solvente em uma solução de soluto não volátil é sempre maior que o ponto de ebulição do solvente puro (sob mesma pressão).

Isso acontece porque a água, por exemplo, só entrará em ebulição novamente se receber energia suficiente para que sua pressão de vapor volte a se igualar à pressão externa (atmosférica), o que irá acontecer numa temperatura superior a 100°C. Exemplo:

Água pura: P.E. = 100°C
Água com açúcar: P.E. maior que 100°C

Veja a tabela compartiva a seguir com diferentes soluções de sacarose em água e o P.E.:

Quantidade de matéria de sacarose (por Kg de água)

P.E. Água Pura a 1atm

P.E. água na solução a 1atm

0,01

100

100,01

0,2

100

100,10

0,8

100

100,42

Observe que quanto mais partículas dissolvidas há na solução, maior é a temperatura de ebulição.

Quanto maior a quantidade de partículas em uma solução, maior será o seu P.E.

Diagrama de fases e o ponto triplo

A transformação de cada estado físico possui um nome. Observe:

 

Existe um gráfico que representa as curvas de variação da temperatura de ebulição e da variação da temperatura de solidificação de uma substância qualquer em função da pressão de vapor.

Essas curvas coincidem num ponto específico de cada substância.

As curvas de variação das temperaturas de ebulição e de solidificação da água em função da pressão de vapor coincidem no ponto em que a pressão é igual a 4,579mmHg e a tempertura é 0,0098°C.

Esta coordenada representa o ponto triplo da água e o equilíbrio das fases.

Isto quer dizer que a substância pode ser encontrada, neste ponto exato da curva, nos três estados físicos ao mesmo tempo: sólido, líquido e gasoso.

Equilíbrio das fases:

Video: Química Simples #18 - Prop. Coligativas - Ebulioscopia Ponto de Ebulição (Agosto 2020).