Química

Álcool


Álcool é toda substância orgânica que contém um ou mais grupos oxidrila ou hidroxila (OH) ligados diretamente a átomos de carbono saturados. Em geral, representa-se um monoálcool assim:

Onde:
R = radical
OH = oxidrila ou hidroxila

Exemplos:


álcool cíclico álcool aromático

Utilidade

Quando ouvimos falar em álcool, seja na TV, rádio, etc. na verdade estão se referindo a um tipo específico de álcool. Neste caso, é o álcool etílico, também chamado de etanol.

O etanol está presente nas bebidas alcoólicas. É tóxico e age no organismo como depressivo do sistema nervoso. Possui grande importância na indústria química, na fabricação de perfumes, solventes, combustível.

    
O álcool como combustível e perfume

O álcool metílico é um dos mais perigosos e não deve ser ingerido, pois pode causar cegueira. É chamado também de carbinol e ainda, “álcool de madeira”. Este nome foi dado porque antigamente era obtido a partir do aquecimento da madeira em retortas.

Nomenclatura

De acordo com a IUPAC, os álcoois devem ter a terminação OL, quem vem da palavra álcool. A cadeia principal é aquela que contém o carbono ligado à hidroxila.

A numeração é feita a partir da extremidade que contém o grupo OH. O nome do álcool será o do hidrocarboneto correspondente à cadeia principal, porém sem a terminação o. Deve ser trocado por OL.

Exemplos:



ciclopentanol álcool benzílico